Acessibilidade no Marketing Digital

Publicado em: 10 de agosto de 2022

#PraCegoVer - Acessibilidade no Marketing Digital, pessoa segurando um notebook com a hashtag #PraCegoVer e um fone de ouvido em cima do notebook

Acessibilidade no Marketing Digital: Torne o seu site mais inclusivo, para que todas as pessoas possam absorver o conteúdo e comprar o que deseja

A Acessibilidade no Marketing Digital é essencial nos dias de hoje, afinal, a maioria das coisas atualmente é feita através de tecnologia. Sendo assim, é fundamental que você faça a adaptação de seu site para pessoas com dificuldades ou deficiências visuais, e caso você tenha conteúdo de vídeos, acessível para pessoas com deficiência auditiva.

Até 2020, o Brasil contava com 45 milhões de pessoas com alguma deficiência, entretanto, apenas 2% dos sites se preocupam com a experiência virtual dessas pessoas.

A acessibilidade digital é o processo de tornar produtos digitais, como é o caso de sites, vídeos, textos e aplicativos acessíveis para todos, independente de suas limitações ou deficiência.

Afinal, você já parou para pensar de que forma um cego consome o conteúdo publicado por você no blog de sua empresa ou no seu site? Ou de qual maneira um surdo consegue absorver o conteúdo de seu vídeo em seu canal de YouTube se não tiver interprete de libras ou legenda?

Se o ponto forte de sua empresa é a parte digital e você ainda não tem este cuidado com todos os públicos, você está ficando para trás no mercado. Afinal, como citamos acima, apenas 2% das empresas se preocupam com isso, e muitas vezes deixam de ganhar clientes ou tráfego orgânico.

Sendo assim, neste post iremos falar tudo sobre acessibilidade digital e como você pode melhorar a experiência do seu leitor/ouvinte dentro de seu site, redes sociais e canal de YouTube.

O que é a acessibilidade digital?

Quando falamos no tema de acessibilidade, automaticamente falamos em quebrar barreiras. Afinal, pessoas com deficiência, acabam sendo deixadas de lado em alguns momentos dentro de nossa sociedade, entretanto, aos poucos, as empresas estão tomando cuidado com essas pessoas para que possam ter um atendimento digno.

O mesmo acontece na internet, porém, poucas empresas estão migrando este sistema e pensando neste público.

As empresas devem tomar este cuidado, porque este público tem algumas limitações, mas querem estar incluídas com o restante da população nas mesmas atividades, inclusive em podcasts, leitura ou assistir vídeos.

Este tema é tão importante para a sociedade e a humanidade, que com a evolução tecnológica já temos diversos livros falando sobre isso.

Além disso, tem um dia especial dedicado especialmente para a causa. É o dia da Conscientização sobre Acessibilidade (Global Acessibility Awareness Day, ou simplesmente “GAAD”. Este dia foi criado no ano de 2012 e é celebrado na terceira quinta feira do mês de maio.

Entretanto, depois de 10 anos da criação desta data, os números mostram que ainda é uma pequena porcentagem da população que adere a causa.

Mas afinal, por que o avanço para essa causa é tão lento?

A principal razão para isso, é que antes de atravessar as barreiras digitais, primeiramente as empresas devem avançar essa barreira física. Ou seja, colocar em sua mente, que todas as pessoas tem o direito e podem ser clientes ou leads.

Por exemplo, grande parte dos restaurantes no Brasil ainda não tem rampas de acesso, ou calendários acessíveis para pessoas cegas. Por conta desta falta de acessibilidade, as pessoas acabam sofrendo até hoje esses constrangimentos.

Sendo assim, é fundamental que as empresas tenham um olhar futurista sobre esse assunto. Para que assim, consiga gerar um fluxo maior de clientes, e o melhor de tudo, incluindo pessoas que querem ser incluídas em todas as áreas da sociedade.

Otimize seu texto e deixe-o acessível - pessoa digitando no Notebook

Otimize seu texto e deixe-o acessível

Como fazer acessibilidade no marketing digital?

Quem trabalha com o Marketing digital, como é o nosso caso, tem uma série de situações que precisam ser corrigidas em seus sites ou blogs.

Além disso, se você utiliza estratégia de SEO você precisa melhorar a acessibilidade, afinal, o Google pune a sua página se você não oferecer legibilidade para essas pessoas.

Já reparou que muitos sites contam com a opção de voz para a leitura do conteúdo? Essa opção funciona justamente para pessoas que tem alguma deficiência.

Pois bem, veja abaixo algumas formas de incluir pessoas com deficiência ao seu site.

1. Entenda o que e quais são as tecnologias assistivas

Isso dependerá de qual tipo de limitação os usuários de seu site possuem. Isso porque, o tipo de tecnologia varia de caso para caso para realizarem as tarefas.

Os casos vão dos mais simples para os mais complexos.

Por exemplo, pessoas cegas utilizam tecnologias de leitores de tela, que fazem a narração do conteúdo da página para eles. Já se for em vídeo o seu conteúdo, é fundamental que além do vídeo falado, ter uma áudio descrição.

Já para pessoas surdas, os vídeos devem contar com legendas. E por fim, nos casos de limitações motoras severas, utilizam os comandos de voz.

2. Seus conteúdos devem servir para mais de uma plataforma e ser multissensorial

Quanto mais sentidos você atingir, mais acessível será. Quando for criar um conteúdo, pense em como poderá produzi-lo para tornar inclusivo para cada uma das deficiências.

A melhor forma de atender a necessidade desses públicos é tornar a comunicação mais imersiva, com isso, a comunicação multissensorial funcionará.

Coloque legendas nos seus vídeos - Ilustração de um Notebook com um vídeo legendado

Coloque legendas nos seus vídeos

3. Se você quer ter acessibilidade no marketing digital, inclua legenda nos seus vídeos

Como citamos anteriormente, criar legendas para os seus vídeos é essencial para pessoas surdas. Além disso, não apenas para pessoas com este tipo de deficiência, mas caso o seu áudio saia baixo, ou as falas não estejam auditáveis o suficiente, você não terá um trabalho perdido.

Além disso, é fundamental que você adicione descrição às legendas, ou seja, se estiver uma música ou uma trilha sonora tocando de fundo, alertar para quem está vendo o vídeo que está tocando.

4. Coloque descrições nas imagens de seu texto

Para as pessoas cegas compreenderem qual imagem está presente no seu texto, é importante que você faça uma descrição dela. Isso porque, desta forma, ela fará a leitura de tudo o que está presente dentro da imagem.

5. Faça o seu texto de forma acessível

Estruturar o texto e as informações impactam diretamente as pessoas que tem deficiência visual e precisam utilizar softwares para realizarem a leitura.

Fazer isso também é importante para quem tem deficiência intelectual e navega em seu site também pelos dispositivos móveis.

Utilize fontes mais fáceis de leitura. Evite fontes serifadas, elas podem ser mais bonitas porém são difíceis de ler.

Isso impacta ainda mais em pessoas cegas ou que tem alguma deficiência visual. As fontes cursivas também entram nessa lista.

É importante que você também deixe o texto simples para que tenha mais leitura. Ou seja, deve ser feita uma construção gramatical somados a uma estrutura.

Evite frases muito longas, com muitas linhas, uso de voz passiva e algumas figuras de linguagem que deixem o contexto confuso.

Outra dica que damos é que você escolha as cores certas para o seu texto e dê um contraste com o fundo de seu site. Afinal, pessoas cegas utilizam softwares de leitura para absorverem o conteúdo e se estes não conseguirem absorver o conteúdo de nada adiantará fazer o texto perfeito.

Você está pronto para ver os seus

RESULTADOS DECOLAREM?

Fale agora com nosso time e agende um mapeamento gratuito de todas as oportunidades digitais disponíveis para o seu negócio.
Image
Image