Como escolher plataforma para e-commerce

Publicado em: 2 de agosto de 2022

Como escolher plataforma para E-commerce

Se você não sabe como escolher plataforma para e-commerce ainda, este post é o lugar ideal para você

Quando a pessoa vai abrir sua própria loja virtual, é normal que não saiba como escolher plataforma para e-commerce. Isso porque, quem não trabalhou no meio virtual ainda não possui muita familiaridade com este tipo de negócio.

Escolher o modelo que será o coração do negócio nunca é uma tarefa muito simples, entretanto, sabendo pesquisar e chegar à um denominador comum será um grande passo para este processo. Afinal, a plataforma que você escolher terá um reflexo direto em suas vendas.

Sendo assim, ela é uma das etapa mais importantes de todo o processo. Até porque, a plataforma será a estrutura de seu negócio, e essencial para o crescimento de sua empresa.

Além disso, o comércio eletrônico tem crescido muito a cada dia, e por conta disso, você deve tomar alguns cuidados antes de fechar negócio com qualquer plataforma.

Você deve se atentar não apenas ao volume de vendas que você terá, mas também na experiência completa do cliente.

Neste post você verá alguns fatores básicos para que você escolha a melhor opção para escolher a plataforma de e-commerce, são elas:

  • Primeira análise
  • Recursos importantes
  • Integrações importantes
  • Capacidade de segurança
Pesquise no mercado antes de fechar negócio

Pesquise no mercado antes de fechar negócio

Como escolher uma plataforma para e-commerce

1. Primeira análise

Primeiramente você deve investigar sobre o que os seus concorrentes usam.

Se você jogar no Google os termos “E-commerce” ou “plataformas de e-commerce”, verá diversos anúncios de Google Ads e resultados orgânicos que apontam para diversas plataformas. Entretanto, você deve lembrar que tratam-se de anúncios, ou seja, não necessariamente são boas opções de escolha.

Sendo assim, acesse os sites de seus concorrentes e role o mouse no navegador até o final da página. Normalmente, a plataforma que está hospedando o e-commerce provavelmente aparecerá no rodapé da página.

Quando fizer isso, você pode acessar o site de cada uma dessas plataformas.

Quando encontrar as plataformas procure no Google pelos seguintes termos:

  • Reclamações da plataforma X
  • Review da plataforma Y
  • Avaliação da plataforma Z
  • Plataforma X,Y ou Z? Qual a melhor?

Além disso, busque pela página de cada uma delas nas redes sociais, como por exemplo no Facebook, e veja como funciona o atendimento dessa plataforma em relação aos seus clientes. Ou seja, como respondem eles nos comentários e avalie os comentários feitos pelos usuários ou possíveis usuários.

Quanto você está disposto(a) a investir?

Além de pesquisar a qualidade da plataforma, você deve fazer uma pesquisa de orçamento. Ou seja, quanto custa para você investir em tal plataforma e quais recursos cada plano presente nela te oferece?

Isso é fundamental, porque tem plataformas que contam com planos gratuitos, entretanto, sendo gratuitos ou muito baratos são planos mais limitados e com menos recursos.

Após avaliar todas as opções possíveis, você deve definir um plano de negócios. Sendo assim, veja quanto orçamento você tem disponível e qual é a sua meta de vendas para um ano.

Escolha a melhor opção de entrega

Escolha a melhor opção de entrega

2. Quais recursos essa plataforma de E-commerce oferece?

Se você escolher a plataforma ideal para você, após a configuração da mesma você mesmo pode seguir com os seus negócios. Desta forma, você não precisará depender de mais ninguém assim que aprender a mexer na plataforma.

As formas de pagamento são recursos básicos e muito necessários dentro das lojas virtuais.

Desta forma, você deve ver quais formas se encaixam melhor de acordo com as suas necessidades. Além disso, escolher as formas de pagamento adequadas podem impactar diretamente em seu faturamento no final de cada mês.

Sendo assim, é fundamental que a plataforma ofereça os seguintes metodos:

  • Boleto bancário próprio
  • Depósito bancário
  • Getways de pagamento
  • Adquirentes, como Cielo ou Redecard
  • Intermediadores, caso de Pagseguro ou PayPal

Outro detalhe importante que você precisa ver antes de assinar o seu plano de E-commerce é quais as formas de envio que ele oferece.

As maneiras mais comuns de entregas em E-commerce são:

  • Sedex
  • PAC

Além da integração com os correios, tem outras coisas pelas quais você deve se atentar na hora de fechar negócio, como:

  • Envio de materiais perecíveis
  • Pacotes que ultrapassem limites de tamanho ou peso aceitos pelos correios
  • Se são produtos aceitos pelos Correios

Caso algum destes não se enquadre você terá de tomar outras atitudes, como:

  • Contratar alguma transportadora que aceite o seu produto e a sua embalagem
  • Contratação de motoboy caso seja necessário
  • Para ganhar seus clientes utilizar o recurso de frete grátis na entrega
  • Caso você tenha uma loja física, dê ao cliente a opção de retirar o seu produto em seu espaço físico

3. Personalize seu Layout de forma agradável

Já comentamos anteriormente sobre a melhor experiência do usuário, certo?

Portanto, tente deixar o seu site com uma aparência leve, e foque também na experiência dele na navegação. Ou seja, não deixe o seu site pesado.

Busque deixar ele da forma mais prática possível. Afinal, tem que proporcionar para o cliente a oportunidade para que qualquer pessoa, mesmo as que não compreendem muito sobre internet possam realizar uma compra sozinha.

Além disso, veja os formatos disponibilizados pelas plataformas de E-commerce, como por exemplo: Vitrine, Disponibilidade de Banners de promoções, categorias, etc.

4. Como personalizar a sua plataforma de E-commerce com SEO

Se você está começando agora e as pessoas ainda não conhecem a sua marca, é essencial que você crie um blog dentro de seu E-commerce e o otimize com o SEO.

Fazendo isso, conseguirá destacar mais o seu site, ranqueando-o melhor dentro do Google.

Colocar Meta Description nas páginas de categorias e produtos é essencial. Além disso, títulos voltados à palavra chave, texto nas páginas das categorias e produtos e a personalização da URL de acordo com o título.

O tempo de carregamento da página também é fundamental para um SEO mais produtivo.

Outro lugar que você precisa ter um foco grande é na experiência via mobile. Isso porque, segundo estudos, a maioria dos produtos comprados nos últimos anos é feito via dispositivos móveis. Ou seja, celulares ou tablets.

Nossa Agência conta com um time especializado na montagem de novos sites e no trabalho de SEO, fazendo toda essa parte para você. Preencha o formulário ao final deste post e entre em contato conosco.

5. Como escolher uma plataforma de E-commerce com integrações importantes?

Além de tudo o que citamos antes, é importante que você tenha uma plataforma com o máximo de tecnologias possíveis, principalmente as essenciais, como:

  • Google Analytics
  • Envio de e-mail marketing
  • Comentários em produtos
  • Gerador de notas fiscais eletrônicas
  • Chat online (para você ou seus funcionários entrarem em contato com o cliente
  • Avaliação de produtos
  • Inteligência de preços (para quando houver cupons de desconto ou ofertas especiais

6. Escolha uma plataforma de e-commerce que ofereça segurança

A segurança e a privacidade da sua loja são a parte principal de tudo. Afinal, sua credibilidade depende disso.

Se o seu sistema houver falhas na segurança pode acabar custando caro, desde processos e multas milionárias, até a falência e uma possível prisão por vazamento de dados.

Certifique-se de que a plataforma que você está contratando é segura antes de fechar qualquer negócio.

Gostou deste conteúdo? Veja mais em nosso blog.

Você está pronto para ver os seus

RESULTADOS DECOLAREM?

Fale agora com nosso time e agende um mapeamento gratuito de todas as oportunidades digitais disponíveis para o seu negócio.
Image
Image