Call to Action (CTA)

Publicado em: 31 de março de 2023

Call to action (CTA) - o que e e como fazer

Saiba quais são as melhores formas de construir a sua Call to Action (CTA)

Se você trabalha com Marketing, ou é antenado(a) na área, certamente já ouviu falar em Call to Action (CTA). Mas você sabe o que é? Qual a forma correta de utilizar? Onde utilizá-lo?

Tudo isso e muito mais você verá neste post, portanto, leia até o final, com certeza sairá com uma ideia muito mais clara de como aplicar a técnica.

Como é uma ferramenta bastante que dá resultados ela é responsável por gerar diversas dúvidas por quem está começando a trabalhar na área ou estudar sobre o assunto.

Já dando um spoiler para você, Call to Action é uma chamada para ação, que normalmente é utilizada em sites ou anúncios. Ou seja, quem aplica a estratégia provoca o leitor ou consumidor a tomar alguma atitude, por exemplo “Clique” ou “Preencha”.

Você pode ver isso em outras ocasiões em seu cotidiano, como é o caso de:

“Puxe para entrar”, “Sorria, você está sendo filmado”, “Pise no totem para utilizar o álcool em gel” e até os indicadores semafóricos, como “Pare”.

Na prática, essas “ordens” servem diretamente para que você interaja com algum objeto. No Marketing digital não é diferente, as Call to Action fazem com que o leitor/cliente interaja com o site ou com o anúncio.

A principal ideia do CTA é a persuasão, quando você faz uma boa chamada, o cliente fica curioso para ver o que acontecerá se ele clicar no link, ou o que receberá se ele preencher um formulário.

Há várias maneiras de se fazer isso e diferentes tons para você usar com o seu público, vai depender do tipo de ação que você quer que ele faça ou da parte do funil que você irá atingir.

Com o CTA você faz o consumidor dar o próximo passo

Com o CTA você faz o consumidor dar o próximo passo

Veja o que e o Call to Action de forma mais detalhada

A principal função do CTA é servir de trampolim para que a ação seja realizada. Ou seja, você tem apenas essa chamada para agregar valor e convencer o seu leitor de que vai valer a pena ele tomar essa ação.

O objetivo dele é indicar o próximo passo que o seu leitor tomará em relação à sua empresa.

Como ele funciona na prática para converter?

Antes de trazer de forma detalhada como o CTA deve ser feito, é fundamental que você entenda como ele atua nas estratégias de conversões.

São 4 termos que compõem uma essência, nas estratégias digitais é conhecido como AIDA.

Essa é a sigla para quatro palavras de uma trajetória que o leitor irá seguir: Ação, interesse, desejo e ação, nesta ordem.

Sendo assim, à partir do momento que você acessa uma página (ou vê um anúncio), até tomar uma decisão, há toda uma jornada. Para cada uma você precisa ter alguns cuidados.

Veja abaixo como funciona os passos deste trajeto:

Atenção

Esse é o primeiro passo, onde por algum motivo algo chama a atenção de seu visitante, fazendo com que ele prossiga no trajeto.

Interesse

É aquele ditado “a primeira impressão é a que fica”, sendo assim, após ter chamado a atenção do leitor, ele toma a decisão de buscar mais informações sobre o que você está oferecendo.

Desejo

Nessa parte, o visitante analisa a sua oferta e busca o que ele pode ganhar se aceitar. Quais os benefícios, características e se é algo que ele realmente precisa.

Ação

Essa é a parte que vem após o seu CTA “dar aquele empurrãozinho”, isso porque, quando o visitante toma a decisão, a chance de tornar-se uma conversão é grande.

Entretanto, para você fazer um Call to Action, é fundamental que você consiga produzir um conteúdo relevante e atrativo para que o seu leitor venha seguir todo este caminho.

Este CTA está presente em nossa home

Este CTA está presente em nossa home

Como fazer a escolha perfeita de seu CTA?

1. Saiba qual o estágio do seu funil de vendas

O primeiro passo de tudo isso é que você saiba em qual fase do seu funil de vendas o seu conteúdo se encontra.

Ou seja, não adianta você fazer um CTA para alguém que está no topo de seu funil. Você deve educar o seu leitor e fazer ele chegar ao meio e o fundo de seu funil. Para ver o processo basta acessar o link.

Para fazer o CTA é importante que o leitor já tenha algum conhecimento sobre a sua marca.

2. Identifique qual é a persona que está absorvendo o seu conteúdo

Quando o seu leitor é meio ou fundo de funil, você já tem uma ideia melhor de quem é a sua persona.

Por exemplo: Se você tem um blog sobre Marketing digital, provavelmente a sua persona é alguém interessado no assunto.

Sendo assim, você pode oferecer um e-book para o seu leitor na troca do preenchimento de dados. Utilizando inclusive uma CTA “Preencha o formulário e baixe nosso E-book exclusivo: Tudo o que você precisa saber sobre Call to Action”

3. Saiba o quanto seu cliente conhece

Se o seu blog cria conteúdo para todas as partes do funil, você pode fazer publicações para diferentes níveis de conhecimento.

Sempre que for produzir um conteúdo, tenha consciência do nível de seu texto e veja se cabe ou não uma CTA.

4. Veja qual o melhor formato para o seu Call to Action (CTA)

Há diversos tipos de Call to Action:

  • Sidebar: Essa CTA aparece nas barras laterais das páginas, em formatos de imagens com links clicáveis
  • Texto: Você pode linkar textos, como por exemplo clicando aqui
  • Fotos inseridas diretamente na publicação: Você pode inserir link dentro da própria imagem do post

5. Escolha o porquê da sua CTA

Você pode fazer a sua CTA com diferentes objetivos e estratégias, pode variar de situação para situação.

Você pode fazer Call to Action com os seguintes objetivos:

Para se inscreverem em sua newsletter

Quando a pessoa faz a inscrição em uma newsletter ela deixa de fazer parte do topo do seu funil de vendas para o meio, ou seja, ela se interessou pelo seu conteúdo ou serviço prestado pela sua marca.

Redirecionamento para página de vendas

Você pode utilizar qualquer página de seu site como uma landing page, entretanto, a ideia de fazer um CTA para uma é diretamente para a página de vendas e conversões de seu site.

Essa é uma excelente alternativa para encurtar a trajetória de seu cliente, podendo inclusive levar ele do topo para o fundo do funil.

Redirecionamento para outro artigo do blog

Essa é uma excelente estratégia para que você passe o seu cliente para algum outro conteúdo que ele possa considerar relevante.

Downloads

Como citamos acima, é possível oferecer para a sua persona download de e-books ou conteúdos exclusivos.

Onde o CTA pode ser utilizado?

O CTA pode ser utilizado em diferentes lugares, tais como: Página inicial do site, as demais páginas de seu site, suas redes sociais, blogposts, anúncios, em seus vídeos, ofertas e até na estratégia de e-mail marketing.

Você está pronto para ver os seus

RESULTADOS DECOLAREM?

Fale agora com nosso time e agende um mapeamento gratuito de todas as oportunidades digitais disponíveis para o seu negócio.
Image
Image