LinkedIn para negócios: Como funciona?

Publicado em: 17 de agosto de 2022

LinkedIn para negócios: Como funciona?

Utilizar o LinkedIn para negócios é cada vez uma estratégia cada vez mais utilizada pelas empresas, entretanto, pouquíssimas ainda sabem como usar essa rede ao seu favor

O LinkedIn para negócios não era algo muito comum de ver até pouco tempo atrás. Isso porque, a rede social sempre foi muito utilizada para pessoas que estavam atrás de empregos, e empresas que buscam novos talentos.

No ano de 2020, o LinkedIn chegou a quase 700 milhões de usuários, em mais de 20 países. Desta forma, tornou-se a maior ferramenta profissional do mundo.

Além disso, ela conta com ferramentas importantes, responsáveis por divulgação de campanhas, para atrair leads qualificados ou parcerias para o seu negócio.

Sendo assim, ela traz dois tipos de estratégias de Marketing diferentes (B2B), entre corporações ou (B2C), quando envolve diretamente o consumidor final.

Dito isso, deu pra perceber que disponibiliza diversas possibilidades, totalmente diferentes das outras redes sociais, como Instagram e Facebook.

Sendo assim, se você ainda não tem a página de sua empresa nessa rede social, deixe de perder tempo e aproveite.

Neste post você verá os seguintes tópicos:

  • Linkedin para negócios: Como funciona?
  • Páginas de empresa x Perfil individual
  • Linkedin Business: Por que usar a rede para fazer negócios?
  • LinkedIn para fazer negócios: Como usar
  • Como construir a página de sua empresa?

LinkedIn para negócios: Como funciona?

Partindo do princípio, antes de falarmos sobre a versão da ferramenta para empresas, vamos falar primeiro o que é essa rede social.

O LinkedIn foi criado em 2002, e a ideia desta rede era conectar as pessoas segundo interesses profissionais.

Além disso, após tornar-se a rede mais utilizada para esse tipo de negócio, a rede iniciou um plano de expansão, onde foi o estopim da empresa entre 2011 e 2012. Neste período, a rede deixou de ter 100 milhões, e passou a ter 187 milhões de pessoas com uma conta. Desta forma, quase dobrou número de usuários dentro dessa plataforma.

Já em 2016, o LinkedIn conquistou a atenção de grandes empresas da área de tecnologia, não é a toa que foi comprado pela Microsoft. Por conta disso, a empresa deu mais recursos para usuários dentro da rede social. Tanto para perfis individuais, quanto para empresariais.

Hoje, é possível criar páginas específicas para as corporações. Sendo assim, criou recursos de identificação, novos espaços para postagem, grupos de interesse e criação de grupos próprios. Além disso, foi possível criar publicação com anúncios segmentados e também mensagens diretas.

É possível criar o perfil empresarial na ferramenta gratuita, entretanto, o mais recomendado para você que tem objetivos mais específicos criar a conta premium.

Com qualquer uma das versões vale a pena ter a própria página da empresa, parceiros e uma rede de networking que sua empresa se identifica.

Se você planejar uma estratégia inteligente, pode ter muito sucesso dentro do LinkedIn, principalmente na parte de reconhecimento de marca, e para tornar-se referência no mercado.

Se você ainda não conhece a rede, tudo irá parecer bastante complexo, entretanto, quando se familiarizar com ela, verá que não é um bicho de sete cabeças.

Páginas de empresa x Perfil individual

Todos que chegam ao LinkedIn e ainda não tem familiaridade com a plataforma, costuma se confundir na hora de criar uma página especialmente para a sua empresa. A mesma dúvida que surgia lá no início voltada para o Facebook.

Desta forma, devemos afirmar que a sua página empresarial, assim como na outra rede social você cria dentro do seu perfil individual.

Se você criar a página de sua empresa como um perfil individual está totalmente errado, e, com isso, atrapalhará toda a sua estratégia. O perfil é feito para indivíduos, já as páginas para empresas.

LinkedIn for Business: Feche negócios

LinkedIn for Business: Feche negócios

Linkedin Business: Por que usar a rede para fazer negócios?

Para você entender em números o potencial dessa rede social, para que você entenda como poderá aproveitar oportunidade de negócios.

Ao todo, a rede conta com mais de trinta milhões de empresas no mundo todo, e recebe atenção de quase todas as grandes marcas.

Por conta disso, tanto as áreas tradicionais, é o caso do varejo, quanto as mais modernas, como é o caso de tecnologia e Startups (a Nubank é um excelente exemplo disso).

Essas grandes empresas podem se conectar com mais de 600 milhões de usuários, sendo mais de 40 brasileiros. Não é atoa que estamos em quarto, quando o assunto é perfil no LinkedIn.

Segundo o site hubspot, o LinkedIn é a rede social que apresenta a maior taxa de conversão de visitantes em leads.

Olhando isso minuciosamente, há mais de 5 mil negócios, o indicador mostra a geração de leads qualificados de 0,61% no Twitter, enquanto no Facebook tem 0,77% e uma distância enorme do Linkedin (de 2,74%).

Dito isso, o LinkedIn é a melhor rede social para que você consiga leads qualificados através das estratégias de B2B e B2C.

Isso porque, o LinkedIn, por se tratar de uma rede social voltada para a parte profissional dão mais credibilidade para quem acompanha.

Crie uma rede de interesses no LinkedIn

Crie uma rede de interesses

LinkedIn para fechar negócios: Como usar?

O primeiro passo, assim como em qualquer estratégia de marketing é que você trace uma estratégia bastante clara, com objetivos e metas para as suas ações de marketing.

Depois disso, crie uma página especial para a sua empresa e preencha o máximo de dados possível, se puder, preencha todos os solicitados.

Escolha o melhor logo possível para utilizar como a foto da página.

Busque os seus funcionários, e faça outras buscas através de hashtags, para que você atinja pessoas com o mesmo público de interesse que o seu.

Faça conteúdos relevantes e interativos, para gerar engajamento e seguidores.

Depois disso, qualifique os seus leads, respondendo seus comentários e observando quais são os seus interesses.

Faça o monitoramento pelo analytics, para que você veja o melhor momento para uma abordagem mais direta.

Como construir a sua página de empresa no LinkedIn?

Quando já tiver o seu perfil, para criar uma página é simples. No menu selecione a parte de “Interesses/Empresas” e depois clique na opção “Adicionar uma empresa”.

Antes mesmo da foto do perfil de sua página, escolha uma foto de capa atrativa para que os seus visitantes e seguidores vejam quando acessarem a sua página. Tente manter a identidade visual da empresa.

Na página da empresa você consegue criar abas e adicionar os seus produtos e serviços nelas. Desta forma, você pode solicitar recomendações de seus clientes, para que assim, aumente a sua credibilidade e fortaleça a sua marca.

Quando tudo estiver pronto chegou a hora de você começar a divulgar o seu conteúdo. Tente manter uma frequência, monte um calendário de postagens e suba para o seu perfil.

Além de seus produtos e serviços, você pode oferecer outros materiais, como vídeos institucionais, PDF’s e Ebooks atrativos. Desta forma, você pode aumentar o seu banco de dados, falando que quem tiver interesse em seu conteúdo para deixar o Email no Inbox ou apenas mandar uma mensagem falando “eu quero”.

Fazendo isso, além de gerar engajamento, você consegue construir uma rede de interesse voltada para a sua empresa, e possíveis conversões no futuro.

Gostou deste conteúdo? Não deixe de acompanhar a gente em nosso blog. Se tiver interesse em nossos serviços de social media para a sua empresa, preencha o formulário abaixo.

Você está pronto para ver os seus

RESULTADOS DECOLAREM?

Fale agora com nosso time e agende um mapeamento gratuito de todas as oportunidades digitais disponíveis para o seu negócio.
Image
Image