SEO 2023: Veja 5 tendências

Publicado em: 17 de fevereiro de 2023

SEO 2023 - veja 5 tendências

A estratégia de marketing tem evoluído cada vez mais, e por conta disso, o SEO 2023 apresenta novas tendências e algumas alterações

O mercado estará repleto de conteúdos de SEO em 2023 úteis, além de link building feito de maneira correta, com assessoria de imprensa, e tudo isso voltado para construir audiências, gerando tráfego orgânico e recorrente.

Só no terceiro trimestre de 2022, o Google teve quatro atualizações extremamente importantes (September 2022 Product Reviews, September 2022 Core Update, Helpful content update e por fim, July 2022 Product Reviews Update).

Exatamente isso. Foram duas atualizações só para a tratativa de review de produtos. A September 2022 Core Update foi uma atualização geral do algoritmo, que está cada vez mais frequente. Por outro lado, a Helpful Content Update deve ser a que mais irá reverberar pelos últimos anos. Este é o recado para o Google de que será o fim de conteúdo feito para robôs e não para pessoas.

Entretanto, uma questão que fica no ar é se isso é realmente uma atualização. A resposta pode ser sim ou não. Isso porque, o Google sempre priorizou a qualidade do conteúdo, no entanto, com a evolução tecnológica, o Google compreenderá cada vez mais o que realmente é um conteúdo útil para o usuário. Há diferenças entre um bom conteúdo e um conteúdo útil, o que parece estranho mas é verdade.

Junto a tudo isso, a reputação de uma marca será cada vez mais importante para ela se posicionar nos mecanismos de busca. Por conta disso, fazer um link building de forma estratégica e inteligente, pode ser a grane sacada.

Por último, vem a audiência, conjunto de pessoas que ouvem a sua marca ou que tem potencial de ouvir, pode ser medida através do volume de tráfego mas especialmente por métricas qualitativas, por exemplo recorrência de usuários e permanência na sessão.

Veja abaixo algumas tendências do SEO 2023?

Muitas atualizações de algoritmo

Primeiramente, a tendência é que assim como nos últimos anos, tenhamos cada vez mais updates de algoritmo.

Até o final de Outubro de 2022, o Google fez 8 grandes atualizações no ano. Uma delas é de grande impacto que foi chamada de Google Helpful Content Update, que significamente basicamente que o buscador está começando a analisar quais conteúdos não são relevantes.

Além disso, em 2022 ainda, mais 3 atualizações foram realizadas para reviews de usuários. O Google está colocando muita energia em avaliações feitas por pessoas e as suas principais atualizações convergem na utilidade do conteúdo. Isso irá refletir em sua estratégia de marketing de conteúdo.

Isso porque, a avaliação dos usuários são um dos principais fatores de decisão de compra. Atualmente o Google ainda não é referência nisso, afinal, neste aspecto tem perdido mercado para a Amazon, principalmente nos Estados Unidos.

Em 2023, não será diferente, teremos muitas atualizações no Google.

2. Core Experience (Core Web Vitals)

No começo de 2022, o Google terminou de rodar a sua atualização do Google Page Experience, através do qual site com baixa velocidade podem perder posições no Google.

Um site com longo tempo de comunicação afasta os clientes. Muitas páginas não tem bom posicionamento por conta disso.

Vários fatores fazem de um site lento. Sua estrutura, os plugins que você usa, vídeos e até as imagens que você utiliza em seu site.

Este fator influencia não apenas no SEO, mas também na experiência como um todo.

Faça conteúdo que agregue valor ao seu leitor

Faça conteúdo que agregue valor ao seu leitor

3. Utilidade em seu conteúdo

O Google HelpFul content foi uma das principais atualizações de todos os tempos. Isso porque, ele traz uma mensagem passada pelo buscador. No seu lançamento, o Google falou em priorizar os conteúdos. Dá a entender também que é uma forma de combater os conteúdos gerados pela inteligência artificial.

Criar conteúdos tendo como principal objetivo ranquear bem nos buscadores, não terão altas qualificações, de acordo com o Google. Isso porque, a tendência é que a plataforma identifique conteúdos que não foram produzidos de forma original. Ou então, conteúdos de má qualidade e que tenham a famosa “encheção de linguiça”. Dito isso, os sites identificados por essa atualização podem ser prejudicados dentro de alguns meses.

Como criar conteúdo de SEO em 2023 pensando em seu leitor?

Após a atualização de conteúdo do Google, o buscador compensara quem entrega a melhor experiência para o seu usuário. Mas como saber o que precisa ou não em seu site?

De acordo com o Google, se corresponder aos seguintes requisitos, você estará se enquadrando.

  • Seu público-alvo acha que o seu conteúdo útil para ele?
  • O conteúdo demonstra expertise e um grande conhecimento sobre o assunto?
  • Qual é o propósito de seu site?
  • Após ler seu conteúdo, você acha que o seu leitor aprendeu alguma coisa que pode ajudá-lo a atingir os objetivos?
  • Seu conteúdo apresenta uma estrutura visualmente agradável?

No SEO em 2023, elimine conteúdos que pensam apenas em ranqueamento

O Google garante que as atualizações voltadas ao foco no usuário não invalidem suas práticas. Muito pelo contrário, ele deve oferecer uma experiência agradável para o mesmo.

Seu conteúdo não precisa ser longo para agregar valor

Por conta de algumas atualizações anteriores do Google, ao exigirem textos mais completos, isso dava a entender que os textos deveriam ser longos, o que não é verdade. Assim, se você tentar atingir um número certo de palavras, sem agregar alguma informação ao leitor de nada valerá.

Há espaço tanto para conteúdos longos, quanto mais curtos. No entanto, as empresas devem envolver em algo que vá além da reprodução de informação de outras páginas, mas sim agregar valor ao leitor.

4. Aposte no audiovisual

A cada ano que passa, o vídeo nas páginas e posts tem apostado cada vez mais no uso de vídeos. Isso porque, traz mais autoridade e enriquece o conteúdo. O Google investiu significativamente no destaque de resultados de vídeo nas buscas. Por conta disso, sempre é uma grande oportunidade.

O vídeo faz com que a pessoa acabe ficando mais em uma página sua, e isso irá melhorar as suas métricas.

5. Diminuição do CTR crescente

Com o crescimento das SERP (Search Engine Results Page) cada vez mais ricas, a tendência é a redução da taxa de clique. Isso porque, os usuários irão passar mais tempo na página ou encontrar o que buscam sem precisar ir a outro site.

Em algumas situações extremas, a homogeneização que uma palavra-chave de head tail na primeira posição chega a ter um CTR abaixo de 1%.

Há muitas mudanças que ainda serão realizadas no ano de 2023, a We Digital vai atualizando informações sobre isso constantemente.

Para isso, acompanhe o nosso blog.

Você está pronto para ver os seus

RESULTADOS DECOLAREM?

Fale agora com nosso time e agende um mapeamento gratuito de todas as oportunidades digitais disponíveis para o seu negócio.
Image
Image